A importância do ferro e a mina Mocó em Piatã-BA

O que tem em comum a televisão, o fogão, o liquidificador, o celular, o carro e os talheres na sua mesa?



O minério de ferro, matéria-prima para a fabricação do aço, base de diversas indústrias. Extrair materiais ricos no elemento químico ferro encontrado em rochas é algo indispensável à vida moderna. Porém o minério não é encontrado facilmente em todos os lugares. Na região de Piatã e Abaíra, existe esse importante recurso capaz de gerar emprego, renda e recursos públicos a partir do pagamento de taxas de mineração (CFEM), beneficiando a população local.


Em operação desde 2011 em Piatã, a Brazil Iron possui 24 processos de mineração de ferro e manganês na região. A produção foi suspensa em 2014 para permitir a realização de estudos e pesquisas com o objetivo de ampliar a capacidade da mina. No quarto trimestre de 2019, a mineradora voltou a funcionar após a definição de um plano estratégico.


A Brazil Iron realiza a extração e minério de ferro na mina Mocó mediante Guia de Utilização para Mineração Experimental expedida pela Agência Nacional de Mineração (ANM), autarquia federal, vinculada ao Ministério de Minas e Energia, a partir dos processos n° 871.664/2016 e n° 870.320/2015, e amparada ambientalmente por duas Autorizações Ambientais, por portarias do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), nº 18.685 e nº 18.686, de 16 de julho de 2019.


As Autorizações Ambientais (AA) estão disciplinadas pelo Decreto Estadual n° 14.024/2012, em seu Art. 142-B, e têm caráter provisório enquanto não são concluídas as pesquisas minerais em curso. Na sequência do processo de pesquisa, o Inema receberá os estudos ambientais pertinentes para a outorga da Licença de Operação (LO), que contemplará toda operação da Mina Mocó até que seja executado o Plano de Fechamento da Mina (PFM).

Posts recentes

Ver tudo